O que é importante em um projeto?

Os projetos de hoje são totalmente diferentes dos projetos de ontem. Vivemos em uma geração imediatista e ansiosa por resultados. Projetos de qualquer categoria, que demorem muito para apresentar entregas ou resultados são potenciais fracassos.

Exemplos:

  1. A maioria dos projetos de software, há quinze anos atrás, só era entregue quando estava totalmente pronto ou muito perto do final. Seu desenvolvimento era quase uma caixa preta. Hoje, isso é totalmente inaceitável! Metodologias como XP, Scrum, e outras pedem entregas através de ciclos que acabam por administrar a ânsia de resultados do cliente. Logo, pedaços de um software já podem ser usadas e até testadas pelo cliente antes mesmo de finalizado – dessa forma o cliente passa a “desenvolver junto” o produto do projeto;
  2. Projetos de SEO (otimização de sites), antigamente demoravam para dar resultados, principalmente quando não haviam métodos abusivos envolvidos. Hoje, já com toda a experiência vivenciada pela comunidade de SEO nesses anos, perante as premissas dos mecanismos, busca-se corrigir primeiro aquilo que dará resultado da maneira mais rápida. Sabe-se que algumas modificações simples, que envolvem melhorias de qualidade em sites que estão muito fora dos padrões, já dão resultados.

Ao elaborar um projeto, atente para:

  • Entendimento de todo seu escopo. O que deverá ser entregue? Quais os resultados esperados? Qual a expectativa do cliente? Perguntas que podem salvar um projeto!
  • Saiba quais são os recursos humanos disponíveis, por quanto tempo e quais seus conhecimentos – dedique-se a conhecê-los;
  • Divida as entregas, as metas, para alcançar uma meta maior. Tem um problema? Divida em partes, delegue, administre, foque na solução e não  na dificuldade – lembre-se “problemas existem para serem resolvidos”;
  • Comunique-se – faça reuniões periódicas com a equipe de projeto (vou falar mais sobre isso em outro post). A falta da qualidade da comunicação (ou dela) é a maior causa dos fracassos ou cancelamentos. Tenha um…
  • …software ou algum centralizador de tarefas, comunicação, documentos. Algo que sirva de apoio para todo o fluxo de tarefas e comunicação;
  • Informe o cliente semanalmente sobre o andamento do projeto – um simples email falando das últimas entregas e das próximas já ajuda muito nesse ponto. Procure relatar sempre “o que fizemos”, “onde estamos perante o planejado” (por exemplo: já concluímos x% do projeto), “quais resultados” e “próximos passos”;
  • Faça primeiro o que dá resultado ou pode ser tangível ao cliente. Aprendi isso no ramo de consultoria. Quando você contrata uma consultoria dificilmente vê o resultado de um projeto no curto prazo, trata-se de um coisa muito intangível;
  • Algo parou? Siga com aquilo que é possível fazer, não se lamente com o que não é possível, minimize a restrição;
  • Trabalhe com prioridades. Faça um balanço entre, o que é urgente, fácil e dá resultado;
  • Se você é o gerente de projeto, saiba que você deve ser o “rei”, mas não trabalhe sozinho. Identifique lideranças e destaques na sua equipe. Faça com que eles liderem partes do projeto. Isso ajudará a aumentar a qualidade, rapidez e a confiança da equipe. Todos vão se sentir parte importante do time.
Esta entrada foi publicada em Projetos e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.